Porque eu não gosto de micaretas

Odeio ser repetitiva, redundante e bater na mesma tecla, afinal, todo mundo está cansado de saber que eu não sou a maior fã desse produto de exportação baiano, mas tem horas que eu sinto que preciso expor meus argumentos, mesmo correndo o risco de ser barrada no próximo BBB por causa das minhas opiniões que só fazem afastar meus amigos dos tempos de colégio.

Pra começar tem aquela blusinha mau carater, de tecido vagabundo e cores normalmente absurdas. Tudo bem que pelo preço exorbitante do ingresso, o mínimo que a organização do evento podia fazer era me dar um brinde, mas me obrigar a usar a mesma roupa que todo mundo no show é uma tentativa patética de homogeneização da massa. Além disso, eu tenho certeza que eles tem participação nos lucros das pobres costureiras que são acionadas para fazer milagre com aquele pedaço de pano.

Outra coisa que me encomoda muito são as coreografias, e não é só porque eu não tenho coordenação motora suficiente para acompanhar a maioria delas. Vai me dizer que você adora quando toca “Segura na corda do caranguejo…” (não quero nem parar pra pensar se essa letra faz algum sentido) e pessoas vindas de todas as direções esbarram em você, pisam no seu pé, você fica completamente descabelada e quando você acha que acabou começa tudo de novo só que para o outro lado?

Além disso, porque 90% dos homens que estão na micareta se acha no direto de agarrar você? Eles devem achar que está incluido no preço do ingresso beijar um número x de mulheres, não importa se é feia ou se está completamente bêbada, se ela quer te beijar ou não, o que interessa é atingir a meta, mesmo que às vezes seja a força.

Depois disso tenho certeza que vai vir um monte de gente pra me dizer o quanto eu sou chata e que as coisas não são bem assim, mas como já diz aquela comunidade do Orkut, meu passado me condena e eu falo com conhecimento de causa.

Então na próxima vez que você resolver ir numa micareta, lembre-se de preparar os óculos escuros (para protejer sua retina do ataque dos abadás neon), o uniforme de futebol americano (para aguentar os esbarrões dos dançarinos mais exaltados), o anti-septico bucal (para livrar sua boca das bacterias dos beijoqueiros de plantão) e a paciência. Infelizmente não vou poder te emprestar a minha.

2 comentários

  1. concordo plenamente com você. Eu também não gosto de beijar homens numa micareta. Aliás tem coisa mais sem sentido do que você está parada aí vem um cara que nunca te viu e diz ” me dê um beijo”. Tenho certeza que 90% dos beijos dados numa micareta ninguém sente nada.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s